segunda-feira, 12 de fevereiro de 2007

ECW On Sci-Fi (06/02/07) - Review

Primeiramente, queria pedir milhares de desculpas pelo atraso, pois minhas aulas voltaram esta semana e ficou meio corrido, mas não se preocupem, já dei um jeitinho e vou voltar a postar na data de sempre.



Resultados ECW On Sci-Fi 06/02/2007 - Por Mateus "Nemo_Taker"
Atenção: O texto abaixo contém SPOILERS


Semana passada, Vince McMahon apareceu pela primeira vez na história na “””ECW”””, afirmando que a ECW antiga era uma droga, introduzindo Elijah Burke, o “futuro” dessa nova ECW. No fim, os Originals acabaram vindo ao ringue, buscando vingança, e ensinando uma pequena lição para a “futura estrela” da brand. Nesta semana, Vince prometeu que os ECW Originals iriam pagar pela humilhação. Também, depois de defender o ECW World Championship contra Kenny Dykstra na noite passada, no RAW, Lashley irá enfrentar Hardcore Holly.

O show começa com um recap da semana passada, mostrando a visita de Mr. McMahon na ECW, e o massacre dos Originals em cima de Elijah Burke.
No ringue, aparecem Rob Van Dam, Sabu, Tommy Dreamer, Balls Mahoney e The Sandman. E depois Titio Vinnie faz sua entrance, para um maravilhoso grito de “You Suck!”.
Vince começa a insultá-los, falando que a grande maioria deles tem antecedentes criminais (vide Sabu e RVD). Diz que está no meio do Parque dos Dinossauros. McMahon chama a atenção deles para que não briguem com os oficiais e nem tentem interferir nas lutas. Caso contrário, estarão demitidos!


Promo ressaltando que Snitsky está vindo para a ECW. (Magaavilha!)

Enfim, vamos à primeira luta da noite:

Kevin Thorn w/ Ariel vs. Tommy Dreamer

Quando a luta está prestes a começar, entra Matt Striker, que é anunciado como Special Guest Referee.
Dreamer manda um Spinebuster, mas Striker não conta o pin, alegando um problema no joelho. Thorn, aproveitando a situação, manda um clothesline em Dreamer por cima do professor, conseguindo a vitória de uma forma um tanto quanto estranha, já que dessa vez Striker conta o pin sem reclamar. (Vai entender...)

Vencedor: Kevin Thorn

Depois da derrota, Dreamer fica olhando furioso para Striker, que fica agachado no ringue, com cara de bunda, como se não tivesse culpa de nada.

(Luta bem rápida, sem comentários. Só para continuar o feud dos Originals contra Vince, que diga-se de passagem, pode ser até bom para a ECW.)

Backstage

A entrevistadora da ECW, muito gostosa, mas que tem uma voz de pato muito engraçada, aparece junto de Hardcore Holly, perguntando o que ele acha da luta dele a seguir contra o ECW World Champ, Bobby Lashley. Holly diz que viu Lashley defender seu título contra todos, mas iria provar por que é ele quem merece ser campeão.

Seguimento/Storyline

Uma vinhetinha besta mostrando a história de Bobby Lashley, todo o seu caminho desde criança, até chegar ao ECW World Title. Styles anuncia que esta foi a primeira parte de uma série de quatro episódios da jornada de Bobby Lashley. (Haha, tudo o que a ECW precisava, emoção!)

Hardcore Holly vs. ECW World Champion Bobby Lashley – non-title match

(Creio que esta é a última luta entre estes, já que Holly está provavelmente contundido e vai ficar fora por uns tempos.)
Lashley começa dominando, com um Vertical Suplex, mas Holly escapa do Powerslam, e joga o campeão no poste de aço, virando o jogo. Depois joga-o para fora do ringue e arremessa Bobby nos degraus de aço. Hardcore Holly vai dominando o campeão com um STF, mas ele escapa com um belo Belly-to-Belly Suplex. Mais tarde, finaliza com um Powerslam para o 1-2-3.

Vencedor: Bobby Lashley

Enquanto comemora, aparece um feioso tosco idiota gordo e babaca. Ah, é o Snitsky. Ele ataca Lashley com um grande Big Boot e depois Holly ataca-o com um Alabama Slam.

(Como eu disse mais cedo: Holly vai estar fora por um tempo, e agora Snistky vai substituí-lo, como o adversário para Bobby.)

Matt Striker é anunciado como o “timekeeper” (o carinha que toca o sino) oficial da próxima luta.

Um replay do massacre de Umaga em Balls da noite passada é exibido, e por essa razão, ele está usando um imobilizador de pescoço.

Balls Mahoney vs. Marcus Cor Von

(E a storyline de Originals vs. McMahon continua.) Monty B... ops... Marcus Cor Von começa dominando, mas Balls tenta virar a luta com sua seqüência de socos, porém, Cor Von consegue recuperar o domínio com um neckbreaker. Marcus manda o Pounce, e depois encaixa um sleeper, apagando Balls Mahoney, e vencendo a luta.

Vencedor: Marcus Cor Von

Yeah, Extreme Exposé!

Haha, a coreografia é muito tosca mesmo, mas com 3 gostosas dessas, quem liga!?

Então toca o tema de Matt Striker, que aparece pela 3ª vez na noite, PQP.
Ele diz que é o Special Guest Ring Announcer, dessa vez.

E introduz Marcus Cor Von, que acabou de luta, e é o comentarista especial, assim como introduz Kevin Thorn, o “special guest timekeeper”.

Striker anuncia também que, seguindo ordens de Mr. McMahon, quem tentar interferir contra Striker, Cor Von e Thorn, será demitido.

Rob Van Dam vs. Elijah Burke

Rob Van Dam vai dominando, até que Burke joga RVD na barricada de queixo. Burke vai dominando até RVD virar o jogo com um Monkey Flip. Então Vam Dam acerta o Frog Splash e o sino toca(!?). Quando Matt Striker está prestes a anunciar que Elijah Burke era o vencedor (!?²), o juiz foi argumentar com ele, e recomeçou a luta. Rapidamente, Burke venceu com um cradle.
(Não entendi nada...o.0)

Vencedor: Elijah Burke

Logo depois, Burke, Cor Von, Thorn e Striker foram atacar RVD. Porém, Sadman, Dreamer e Sabu vêm para dar conta dos 4 e salvar Van Dam.
O show acaba com um staredown entre os “New School” e os “Old School”.

--------------------------------------------------------------------------------------------


Considerações Finais:

Um show bem ruinzinho na minha opinião. Lutas fracas, sem graça e muito rápidas. O fim da última luta que deveria ser o nosso “main event”, deixou muito a desejar, e não deu pra entender nada. A única coisa que ainda vai me animando um pouquinho é este novo feud dos novos contra os veteranos. Algo que também me intriga, é saber onde caras como CM Punk se encaixarão nesta briga. Pode dar aquele temperozinho que falta para a ECW atualmente, já que a WSX vem surpreendendo bastante, e ao que parece, Vince não tem planos para descontinuar a ECW atualmente. Agora o único objetivo será dar um push do C************* no Lashley, pra depois mandar ele pra uma outra brand pra se dar bem por lá, quando não der mais pra ECW. Porém, vamos ver como se sobressai toda esta situação.

Melhor Luta: Hardcore Holly vs. Bobby Lashley

Pior Luta: Rob Van Dam vs. Elijah Burke

Espero que tenham gostado do review, e pra quem quiser conferir, tem o show pra download na FILL.
Até a próxima e não custa nada comentar ae né?
Obrigado!!!
o//

1 Comentários:

At 6:23 PM, fevereiro 12, 2007, Anonymous RedSun disse...

enquanto a ecw continuar essa tosqueira eu nem faço questão de assistir... fico lendo o review por aqui mesmo... ehehehhe

 

Postar um comentário

<< Home